novelasco escreve para você

minha poesia

Textos


 A CHUVA, O MAR E EU

A chuva tomou conta do dia
O dia perdeu seu sorriso
Da janela observo a cor

O dia vestiu-se de cinza
E eu me vesti de saudade!

O mar lá longe agitado
Da minha janela vislumbro
Eu não sei quem é o mais ansioso
Se é o mar que se sente saudoso
Ou se é eu que morro de saudade!

Eu não vejo esperança nesse dia
Onde a chuva já fez sua morada
Eu lhe pergunto até quando
Me responde com uma chuvarada
Que molha meu corpo e meu coração

 
novelasco
Enviado por novelasco em 11/03/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras