novelasco escreve para você

minha poesia

Textos


 

Silêncio


De mãos dadas, em silêncio

Caminhavam...

Hora olhando para a frente

Hora olhando para o nada

De repente, olho no olho

E naquele olhar...

E aquele beijo...

Quantas revelações!

Assim em silêncio...

Faziam juras de amor.


novelasco
Enviado por novelasco em 12/09/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras