novelasco escreve para você

minha poesia

Textos


imagem da net 

DESPERTAR


Quando penso, quanto tempo perdi
Não foram dias, nem foram meses
Foram anos que fiquei aqui
Falando simplesmente “não” pra ti
E tu de mim não desistiu
O medo não me deixava te sentir
Para mim era mais um que via a presa
Que com doces palavras ias conseguir
E eu não queria mais me iludir
Tornara me amarga por amor
Que um dia tive e que partiu
E nesse coração quase de pedra
Tu aportou e insistiu
Que de repente já cansada e triste
Porque não tentar e dizer sim!
Minha vida precisava de um oásis
Para me sentir viva e prosseguir
E eu que pensava que já havia morrido
Em teus braços novamente renasci
Agora que me importa o amanhã
Devo viver o hoje intensamente
Saborear desse amor que me despertou
Saber que dizes ser louco por mim
E eu já sou quase...
Também louca por ti.



novelasco
Enviado por novelasco em 15/08/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras