novelasco escreve para você

minha poesia

Textos


imagem tirada da net
 

IRONIA


Palavras que saem da boca
Sem alma e sem coração
Repetidas à tantas outras
Já conheço esse refrão
Pensar que tempos atrás
Acreditava em ti
Dizias que me amavas,
No entanto
A outras tu embalava
No sonho e na fantasia
Enquanto de mim tu rias
Da tamanha ingenuidade
Que minha alma sentia
Ao dizer que te amava
Partisses, fosses embora
De tristeza hoje choro
E tu...
Nem te importas com minha dor.


novelasco
Enviado por novelasco em 25/06/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras